O mistério: O que combina com rosé?

Harmonização vinho rosé: 6 dicas que te farão incluir o rosé em todas as refeições

Você sabia que o vinho rosé pode ser seu grande aliado quando o assunto é harmonização? Aqui vai uma dica certeira: quando for receber uma galera em casa, tenha sempre em mãos um bom vinho rosé.

Além de ser fácil de agradar, esse tipo de vinho harmoniza desde massas até carnes brancas. Isso sem falar na clássica tábua de queijos. Pra te ajudar nessa missão, montamos aqui 5 dicas maravilhosas pra você não errar na próxima vez que for harmonizar um delicioso rosé. Vamos lá?

1) Rosé e massa ao molho de tomate.

massa com vinho rosé

No geral, os vinhos rosés costumam ter uma acidez agradável e equilibrada. Isso faz com que ele seja o par perfeito para harmonizar com massas ao molho de tomate. Se quiser ousar mais e dar uma incrementada no seu molho, adicione atum ou frango em cubos. Fica uma delícia.

Confira nossas receitas de massas.

2) Rosé e frango assado com batatas

harmonização vinho roséEssa é justamente para aquele domingão em que o frango assado, assim como o vinho, não podem faltar. A acidez equilibrada do vinho rosé tem a função de limpeza do paladar, ou seja, neutraliza a gordura e deixa o sabor da carne ainda mais especial.

3) Rosé com camarão (de todos os jeitos)

harmonização vinho rosé

 

Harmonização mais clássica que essa não tem! Camarão é tão versátil quanto o vinho rosé e por isso que os dois fazem uma dupla deliciosa. Seja numa porção, no bobó, na abóbora moranga ou no espeto, esse fruto do mar fica ainda melhor se harmonizado com uma taça de rosé de corpo leve.

4) Rosé com a famosa salada

harmonização vinho rosé

Outro prato indispensável e versátil que assim como o vinho, faz bem para saúde. Um rosé de corpo leve é a harmonização perfeita para aquela salada bem colorida e temperada.

Alegria dos que são adeptos à dieta, e ao vinho, claro. Para te ajudar, temos uma receita de saladinha agridoce que é sucesso. Confira!

5) Rosé e tábua de frios

harmonização vinho rosé

Azeitona, queijo mussarela, presunto parma, amendoim, castanhas e queijo branco para um jantar com os amigos. Ok, mas falta alguma coisa. O vinho! Para uma noite de petiscos, vale apostar em um vinho rosé levinho, que além de ser fácil de agradar é fácil de harmonizar. Que tal?

6) Rosé e Pizza

pizza

Pra quem achou harmonizar pizza fosse exclusividade do vinho tinto estava muito enganado. Vinho rosé e pizza combinam sim, e muito! A dica é: escolha um vinho rosé com um pouco mais de corpo, principalmente se a pizza for de calabresa ou recheios mais condimentados.

De resto, pode ser mussarela, atum, marguerita, 4 queijos – é só escolher!

Bônus: como o vinho rosé ficou rosa?

Você já ouviu falar em maceração pré-fermentativa?

o que é isso
Fonte: Imagem/Giphy

Maceração pré-fermentativa é o que deixa o vinho rosé…rosa! Para que um vinho se torne vinho, é preciso que as uvas passem por um processo de esmagamento e o mosto seja extraído . (e isso se chama maceração) O que dita as regras da cor de um vinho é o tempo que a casca fica em contato com o mosto.

No caso dos vinhos brancos, ao contato do mosto com a casca é imediatamente interrompido. O rosé, por outro lado, fica um tempinho em contato com a casca, mas não o suficiente pra ter tanta coloração quanto o tinto.

Tá, mas em que ocasião posso tomar meu vinho rosé?

O céu é o limite, meu caro! Um rosé vai bem no happy hour, na montanha, no piquenique, no jantar e até nos dias frios. Desapega dessa ideia que rosé só combina com piscina e calor!

Deu água na boca? Agora é só procurar o seu rosé no site e partiu cozinha!