Sauvignon Blanc: saiba tudo sobre essa uva aromática

A Sauvignon Blanc é uma casta branca, de origem francesa, famosa pela sua intensidade aromática. A uva conquista paladares por todo o mundo, não à toa, foi estabelecido um dia internacional para celebrá-la. Toda primeira sexta-feira do mês de maio é o Dia Internacional da Sauvignon Blanc.

Onde cultivam a Sauvignon Blanc e quais suas características?

A Sauvignon Blanc é uma uva bem vigorosa, e portanto, precisa ser plantada em solos de baixa fertilidade para que a videira não cresça demasiadamente. O amadurecimento é mediano, o que significa que em climas muito frios ela não vai amadurecer e, no outro oposto, em lugares de muito calor, ela perde acidez e amadurece excessivamente.

Esta é uma casta de acidez naturalmente alta e aromas pronunciados. Esses aromas podem variar entre herbáceos (ervas como folha de tomate, folha de groselha e grama) e frutas tropicais. Em geral, quando cultivada em climas mais frescos, apresenta notas de grama cortada, aspargos e até mesmo pimentão verde. Já quando cultivada em lugares um pouco mais quentes e ensolarados, apresenta notas de maracujá, abacaxi e pêssego.

Estudos mostram que a Sauvignon Blanc é originária da região do Vale do Loire, noroeste da França. Essa hipótese é reforçada por análises de DNA que sugerem um parentesco entre a casta e a Chenin Blanc, a uva branca emblemática daa região. Do Loire, muito provavelmente a uva se espalhou até chegar na região de Bordeaux, mais ao sul, onde aconteceu um cruzamento espontâneo entre ela e a Cabernet Franc, dando origem à famosa Cabernet Sauvignon. O nome Sauvignon deriva de “sauvage”, no francês, selvagem.

Dentro do Vale do Loire, a Sauvignon Blanc é encontrada na sub-região chamada Vinhedos Centrais, onde produz os famosos vinhos secos de Sancerre e Pouilly-Fumé. Já em Bordeaux, é comum encontrar a Sauvignon junto de outra uva, a Sémillon.  Juntas, Sauvignon Blanc e Sémillon, produzem a maior parte dos vinhos brancos secos de Bordeaux, mas nessa região, a dupla de uvas origina os famosos vinhos doces botritizados*, os Sauternes.

*Vinhos botritizados = vinhos feitos com uvas afetadas por um fungo nobre, Botrytis cinerea.

Saindo da Europa, a Sauvignon Blanc conquistou um espaço significativo no Novo Mundo, em especial na Austrália e na Nova Zelândia. Na Austrália, a região de Adelaide Hills é considerada referência na produção dessa variedade, os vinhos tendem a mostrar aromas e sabores concentrados de maracujá. Na Nova Zelândia, a Sauvignon Blanc se tornou a uva emblemática do país; a região de destaque é Marlborough, na Ilha Sul.

Nos Estados Unidos encontramos alguns exemplares produzidos na região de Napa Valley, na Califórnia, onde são rotulados como Fumé Blanc, isto é, um Sauvignon Blanc com passagem em barricas de carvalho. Na América do Sul, o Chile se destaca com exemplares de qualidade produzidos nas regiões mais frescas, como Casablanca e San Antonio. Aqui no Brasil, apesar de pequena, a produção da Serra Catarinense tem começado a chamar atenção.

O que Harmonizar com Sauvignon Blanc?

A Sauvignon Blanc é uma uva relativamente fácil de harmonizar. Seus altos níveis de acidez tornam o vinho gastronômico, isto é, que pede por um prato para acompanhar. Dividindo em grandes categorias, podemos dizer que a Sauvignon Blanc harmoniza com pratos leves, pratos gordurosos e pratos ricos em temperos. Sugere-se que os vinhos secos sejam servidos em torno de 12ºC e, as versões doces, um pouco mais geladas (em torno de 8ºC).

Agora, vamos as recomendações:

De Martino Sauvignon Blanc Valle de Casablanca D.O. 2020: na região de Casablanca, De Martino trabalha a Sauvignon Blanc de modo a conseguir uma expressão fresca e delicada da uva. Cultivada em solos de granito e sob o clima influenciado pelo Pacífico, a casta exprime elegância por meio dos seus aromas: frutas cítricas, maracujá, abacaxi e aspargos.
Harmonize com pratos que tenham acidez, como ostras, peixe assado com ervas e carne de aves.

Roche Mazet Sauvignon Blanc 2019: produzido no sul da França, com toda a maestria e experiência que a vinícola Maison Castel possui. O resultado é um vinho refrescante, macio e equilibrado; os aromas lembram flores brancas, limão e tangerina. Na hora de harmonizar é simples: experimente com saladas, massas com molho pesto, vegetais grelhados e queijo de cabra.

Playa Azul Sauvignon Blanc: este exemplar chileno é leve, fresco e delicado. No nariz aparecem aromas de maçã verde, limão, abacaxi e toques de grama. Por ser mais delicado, na harmonização aposte em frutos do mar, aperitivos e sushis.


Gostou de saber mais sobre a Sauvignon Blanc? Então, não deixe de baixar o app da Evino e conferir os vinhos para você decantar. Aproveite o cupom DICASBLOG para ter 10% de desconto na sua primeira compra!